Leitura para os pequenos. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

Pai, não fui eu!

07.04.2016

 

Vou falar hoje de um livro que achamos muito engraçado aqui em casa.

O título já chama atenção das crianças, afinal, quem nunca disse algo como: “Pai, não fui eu!”.

A obra é do escritor e psicólogo Ilan Brenman, um autor renomado, com livros premiados e obras publicadas no exterior.

As ilustrações de AnnaLaura Cantone são bonitas e engraçadas, tornando a leitura ainda mais agradável.

A editora é a Companhia das Letrinhas. O livro pode ser indicado a partir dos sete anos, mas vale a leitura compartilhada para os pequenos.

A história começa quando o pai, que também é escritor, está concentrado no seu trabalho, quando, de repente, ouve um “CATAPUM”.

Ele se assusta, e antes mesmo de ver o que aconteceu, ouve sua filha dizer: “Pai, não fui eu, foi o leopardo.

Mesmo chocado com a notícia, o pai resolve permanecer dentro do escritório com a porta fechada. Inicia-se um diálogo. Ele do lado de dentro, e ela do lado de fora.

A garotinha relata ao pai detalhes de tudo o que aconteceu. Afirma que estava na biblioteca. Resolveu escalar a estante e pegar o livro italiano gigante, que é o seu preferido.

Nesse momento, um leopardo de óculos apareceu e pediu para ver o livro com ela.

A filha continua dando explicações ao pai. Informa que o leopardo é um leitor e fã dos seus livros.

Conta ainda que concordou em mostrar o tal livro gigante para ele, mas quando estavam folheando suas páginas, um coelho apareceu provocando o leopardo. Esse, por sua vez, saiu correndo atrás do animal, deixando cair o precioso livro.

Isso deu origem ao barulho que preocupou o pai.

O diálogo continua com respostas engraçadas até que ela resolve ir brincar.

Ele volta a trabalhar. Depois resolve olhar o estado do livro italiano gigante. O melhor, é que além de todos os acontecimentos e as explicações mirabolantes de sua filha, ele ainda tem uma surpresa no final.

Uma história ótima. Sobre a ousadia e imaginação das crianças. 

De acordo com o autor, o livro teve origem em um fato parecido que ocorreu com uma das suas filhas.

Recomendo muito a leitura. Espero que gostem.

Please reload

Posts Destacados 

O Búfalo que só queria ficar abraçado

30.09.2019

1/10
Please reload

Posts Recentes 

26.09.2019

26.09.2019

26.09.2019

Please reload

Siga
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • YouTube Long Shadow
  • Instagram Long Shadow
Meus Blogs Favoritos
Procure por Tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload